Pular para o conteúdo
PARCELE EM ATÉ 7x SEM JUROS1ª TROCA GRÁTIS

Mais cor em pleno outono: conheça o novo Azul da Maria Tangerina

A bolsa é a melhor amiga de quem precisa sair de casa levando objetos importantes de sobrevivência. Para quem estuda, trabalha, cuida da família ou viaja, a bolsa certa pode fazer a rotina ser menos complicada, mais prática e leve

Há oito anos, a Maria Tangerina desenvolve bolsas veganas com produção local, transparente e livre de crueldade, sem deixar o estilo e a praticidade de lado. Nesse tempo, fizemos lancheiras, pochetes, malas e até mochilas, mas uma questão importante sempre pairou nossas decisões: a atemporalidade.

Além de consumir um produto feito dentro de uma cadeia justa e ética, para nós é essencial que as pessoas possam aceitar acessórios com informação de moda que sejam resistentes ao tempo e às tendências. Não tem muito mistério, criamos bolsas que gostaríamos de usar.

A Pri Cortez, fundadora da marca, desenha e testa cada modelo. Além de escolher com cuidado as cores que vão dar vida para suas criações. No começo a Pri fazia tudo sozinha e produzia todas as peças por encomenda. Mais tarde conheceu o trabalho da Rede Design Possível, que a apresentou ao Cardume de Mães, e assim começou o trabalho da Maria Tangerina. 

A nossa demanda cresceu com uma carteira de clientes espalhados pelo Brasil inteiro, logo a produção passou para ateliês familiares na cidade de Franca, interior de São Paulo. 

A Maria Tangerina cresceu sem deixar seus propósitos de lado. Cada lançamento é estudado e planejado com muito carinho em equilíbrio com o que queremos e devemos produzir. Assim surgiu a escolha do novo tom de azul.



Acessórios de outono-inverno podem ser coloridos?

 

No nosso universo, cores como preto, branco e marrom possuem relação direta com o conceito de atemporalidade. São cores fáceis, práticas e combinam com tudo. Na Maria Tangerina gostamos de questionar alguns conceitos pré-estabelecidos e cocriar novos produtos com nossos clientes. 

O que é atemporal? A ausência de cor? Ignorar opções que possam atender demandas reprimidas? Fechar os olhos para diversos jeitos de ser e pensar atemporalidade? 

Com essas inquietações, nosso fornecedor apresentou uma paleta de cores disponível no material que costumamos usar. O marinho é uma cor clássica, universal e fica bem com cores mais quentes, vibrantes, frias e fechadas. É versátil, elegante e em bolsas que ficam indo de cá para lá, é perfeita. 

Nós já havíamos testado outros tons de azul, como o Mergulho (mais aberto e claro) e a Noite (fechado e brilhante); havia sido um sucesso e decidimos repetir a dose com uma atualização de paleta.



Esqueça as regras e aposte em looks com azul marinho


O básico pode ser colorido, invernal e versátil. Por isso, que tal deixar as regras um pouquinho de lado e se jogar no azul marinho?

Para quem prefere uma combinação mais neutra, a Pri Cortez aposta em looks monocromáticos para um efeito elegante e com informação de moda. Esse conjuntinho azul marinho é do Atelier Jezebel — uma marca independente com alma tropical que busca a simplicidade em roupas feitas para ter vida longa. 



 

 

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados antes de serem publicados