Julho sem plástico: entenda como funciona e entre para esse movimento global

Das centenas de formas de degradar o planeta, consumir em excesso e fazer o descarte irresponsável de plástico são as atividades mais cotidianas de destruição.  Pensando nisso, em 2011 a Plastic Free Foundation criou o Plastic Free July® — um mês inteiro de movimentação global em prol da conscientização para um mundo livre de resíduos plásticos.

Uma pesquisa realizada pela fundação mostrou que o Plastic Free é mais do que um esforço local, trata-se de uma tendência global. Cerca de 91% da população apoia políticas e ações para reduzir resíduos plásticos.

Plásticos são polímeros produzidos a partir de processos petroquímicos. O plástico é um material relativamente novo quando comparado ao papel e ao vidro, mas está causando muita dor de cabeça para ambientalistas; acontece que, esse material é muito utilizado em embalagens que são descartadas de forma irregular e podem levar até 450 anos para se decompor. 


Uma ameaça à natureza

O plástico é uma ameaça à natureza e aos seres vivos. Pesquisadores que investigam a exposição de pequenos mamíferos a plástico no Reino Unido encontraram vestígios nas fezes de mais da metade das espécies examinadas. Esse estudo foi publicado na Science of the Total Environment por uma equipe formada por cientistas da Universidade de Sussex.

Um relatório publicado pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA) em 2021, alertou sobre a necessidade de uma ação global urgente contra as toneladas de plástico presentes nos oceanos. O relatório também aponta falhas sérias nas soluções existentes do mercado como preços baixos de matérias-primas fósseis; esforços mal articulados no gerenciamento de resíduos plástico e a falta de consenso sobre soluções globais.



"Uma grande preocupação é o destino dos microplásticos, aditivos químicos e outros produtos fragmentados, muitos dos quais são conhecidos por serem tóxicos e perigosos para a saúde humana, a vida selvagem e os ecossistemas. A velocidade com que a poluição oceânica está captando a atenção do público é encorajadora e é vital que aproveitemos este impulso para alcançar um oceano limpo, saudável e resiliente"

Inger Andersen, diretora executiva do PNUMA.



Dicas simples para começar a tirar o plástico da sua vida


Ações individuais podem não parecer o suficiente para reduzir o impacto da destruição do meio ambiente, mas são um ponto de partida; sobretudo, indicam para o mercado que não estamos dispostos a abdicar do equilíbrio ambiental em prol do consumo. 

Algumas atitudes simples na sua rotina, pode fazer a total diferença e inspirar outras pessoas próximas a você a fazer o mesmo. São 4 dicas simples para começar a reduzir o uso de plástico, dá só uma olhadinha:


  1. Prefira sacolas de tecido ao invés de sacolinhas plásticas quando for às compras;
  2. Substitua itens embalados do mercado por produtos a granel;
  3. Aproveite para conhecer marcas de cosméticos com embalagens biodegradáveis ou que podem ser recicladas;
  4. Reutilize sua garrafinha de água;

Atitudes como essas são pequenas e transformadoras. Durante o Julho Sem Plástico, diversos negócios que visam diminuir o impacto no meio ambiente e na vida das pessoas, estarão comunicando sobre a importância de repensarmos nossos hábitos e de que forma estão agindo para diminuir o uso de plástico em suas organizações.

É um ótimo mês para entender como as marcas que estão mais presentes no seu dia a dia estão lutando contra esse mal. Participe, se engaje e entre para esse movimento global.

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados antes de serem publicados